ARTESANATO NÃO TEM CONCORRENCIA!?

Qualquer pessoa que tenha a sua empresa e almeje crescimento, acaba temendo a concorrência. Não por fraqueza, mas sim por medo das coisas não darem certo a sua empresa não ir para frente.

Olá amore, tudo bem com você? Eu espero que sim! A nossa conversa de hoje é sobre um tema muito importante para artesãs: A concorrência. Como lidar com isto? Ela pode te afetar? Vamos responder estas perguntas.

No mundo do artesanato não é diferente, amore! As artesãs temem o fato da concorrência por medo de perder espaço no mercado, pois o artesanato se popularizou cada dia mais.

Para não ter medo de algo você precisa conhecer e conhecendo você aprende como lidar, certo? Vamos começar esta conversa sobre concorrência entendendo do que se trata. Está interessada, amada? Continue lendo!

O que a concorrência?

A concorrência se trata de um tipo de rivalidade que acontece entre duas marcas ou até mesmo entre duas pessoas.

Cada pessoa que tem um serviço a oferecer e para isto colocam o seu serviço ou objeto que precisa vender, conquistando o público alvo, fazendo com que sua visibilidade e lucro aumentem.

Sendo assim, a concorrência saudável tem um papel fundamental para estimular a produção de qualidade e aumentar a visibilidade dos artesãos.

Agora que sabemos do que se trata a concorrência, vamos falar um pouco sobre os seus dois tipos.

Concorrência Indireta

Este tipo de concorrência se trata daquilo que tira o foco do artesanato, que faz com que o cliente alvo não se interesse em obter artesanato.

Se alguém compra um perfume ou uma roupa que não seja artesanal, o cliente preferiu a concorrência indireta, pois não comprou nada artesanal, contudo, ainda assim obteve algum objeto.

 Quando se é artesão, é necessário estar sempre interessante para provar que peças artesanais são interessantes e tão valorosas quando as industrializadas, ainda mais por serem feitas a mão.

Concorrência direta

Amore, este tipo de concorrência é diferente da citada acima, pois se trata de pessoas que produzem objetos semelhantes ao seu.

É valido lembrar que os concorrentes não são inimigos, mas devem ser localizados para que você consiga sempre ter um diferencial, ter algo que chame a atenção.

A melhor forma de conhecer a concorrência é com pesquisa, amore. Então, procure pelo seu bairro, veja produtos e valores. Entretanto, não esqueça de ver na internet também, pois sabemos que nos dias em que vivemos esta é uma grande ferramenta.

A aceitação dos clientes interessados também é importante, por isto olhe como anda a moda, se as pessoas estão interessadas em utilizar os produtos que estão sendo criados.

Como lidar com a concorrência?

Preço

É importante que se tenha noção do valor de trabalho, amore. Se o seu concorrente vendo o produto por R$25 reais, não tente vende-lo por R$ 45 reais, se tem muita semelhança.

Implante preços que são justos com você e o seu esforço. Se o preço tende a ser maior que o do seu concorrente, mostre ao cliente, suas vantagens e como valerá a pena, obte-lo mesmo pagando mais.

Diferencial

O que chama a atenção são coisas diferentes, pois o comum se torna chato. Por isto, é importante que diferenciais sejam implantados.

Veja como trabalha o seu concorrente, os pontos fortes e pontos fracos, para que você possa se fortalecer, tendo como diferencial a fortaleza do seu negócio.

Tenha como diferencial a personalização ou o acabamento especifico, mostra ao cliente que aquilo será melhor para a sua peça, atenda-os de forma especial, faça com que isso seja um diferencial das demais lojas.

Se mantenha por perto

Sempre que possível obtenha algum objeto do seu concorrente, pois assim saberá como anda a sua confecção, qual o seu diferencial, seus, preços e seus produtos.

Observe também como se dá a comunicação cliente – vendedor, para que assim possa aprimorar a sua parte.

Mercado

Além de se manter de olho no preço é preciso saber outros dados que afetam uma confecção.

Um bom exemplo destes dados são quantas pessoas estão interessadas no seu produto e quantas realmente comprar ele.

É valido se questionar sobre qual produto está sendo mais buscado na época, se existe uma tendência que esteja regendo este mercado no momento ou algo que possa ser feito como um diferencial.

Clientes

Com toda a praticidade da internet nos dias de hoje, vários clientes podem preferir comprar pelo site ou pedir para uma pronta entrega. É necessário relembrar que os clientes regem o ritmo de um negócio.

Clientes insatisfeitos compram menos, por isto é necessário que toda atenção seja voltada para eles, eles regem o mercado, amores!

Conclusão

Amore, na nossa conversa de hoje falamos sobre concorrência. É necessário que vejamos que ela é necessária, pois assim nos aprimoramos cada vez mais!

Você gostou da nossa conversa de hoje? Quer ler mais textos? Continue conosco! Até a próxima, amore!

-----------------------


DBL Plus
-----------------------

Curso Gratuito de Personalizados

⭐Garanta sua participação em nossas aulas Gratuitas
🔴[AO VIVO] e ainda conte com alguns bônus e extras.

🔷 Faça seu cadastro 🔷

(Papelaria Personalizada, Personalizados de Luxo, Cartonagem, Vendas e Extras), sua inscrição também garante que você possa acompanhar de perto a nossa próxima abertura de turma do curso
✂️Do Básico ao Luxo🎀

3 thoughts on “ARTESANATO NÃO TEM CONCORRENCIA!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.