Como apresentar a arte final para o seu cliente?

Como apresentar a arte final para o seu cliente

Todo trabalho que é personalizado ou exige design de algum tipo, precisa de aprovação do cliente. Pelo menos em sua grande maioria. Por isso, quem está começando a trabalhar com papelaria personalizada, precisa aprender a como apresentar a arte final para o seu cliente da melhor maneira.

Independente de qual seja o produto, se você não o tem no seu portfólio, e o pedido é realmente algo personalizado, é primordial fazer um teste, ou elaborar a arte primeiro, e depois apresentar ao cliente. Depois de aprovado, é que a produção deve começar. Mas como fazer isso?

1.      Paciência e atenção

Seu cliente não é um design e pode ser que ele não entenda alguns termos técnicos que você queira usar. Portanto, tenha paciência ao explicar o que foi feito, e também para ouvir o que ele deseja.

Tente deixa-lo o mais confortável possível durante a apresentação. Caso algo não esteja do seu agrado, ou algum detalhe precise ser alterado, ouça com mais atenção ainda para que a correção seja feita uma vez só.

2.      Formato da arte final

Na hora de apresentar a arte final para o seu cliente, lembre-se que ele não possui o mesmo programa que você trabalha. Portanto, é fundamental converter o arquivo para algo mais básico. Os JPEG são os mais aconselháveis já que abrem até mesmo pelo celular.

Envie a proposta com a sua arte final em formato de imagem. Assim o cliente consegue abrir, ver e avaliar se é realmente aquilo que ele deseja.

3.      Não envie projeto incompleto

É claro que dentro da papelaria personalizada por exemplo, principalmente quando o trabalho envolve vários produtos diferentes, você não precisa enviar todos. Mas a arte final base precisa sempre ser aprovada antes de dar andamento na produção e envie ela completa, pronta.

4.      Depois das correções

Caso a apresentação da sua arte final precise de alguma correção ou alteração, antes de dar o ponta pé para iniciar a produção, faça uma última apresentação para aprovação. Só para garantir que está dentro dos padrões do cliente mesmo.

Embora esse processo todo seja chato, isso evita possíveis erros, principalmente na etapa final de colocar para impressão e finalmente dar andamento no projeto.

5.      Tenha um comprovante da aprovação

Hoje em dia as coisas são muito mais simples e mais fáceis para que essa etapa do processo de personalizados seja feito. Caso você envie a sua arte final por e-mail ou WhatsApp, você consegue ter o respaldo do cliente confirmando que ela aprova aquela arte.

É essencial ter essa resposta da aprovação, gravada em algum lugar, seja por e-mail, mensagem ou até mesmo um pequeno documento que que comprove ali, que aquela arte está aprovada. Isso evita que você tenha problemas depois, caso alguma reclamação surja, depois de tudo pronto.

Deu para ver como é importante esse momento de apresentação da arte final para o seu cliente? É preciso estar atento aos pedidos feitos e principalmente as alterações para que tudo saia como o combinado.

É válido ressaltar que tudo que é alterado, precisa seguir o que foi pedido. E pode ser que aconteça de o cliente mudar de ideia depois, é preciso ter um jogo de cintura, mas sempre levar em consideração o desejo do cliente.

Siga-nos no instagram

Leia também: Como criar artes profissionais para o seu Instagram

Curso Gratuito de Personalizados

⭐Garanta sua participação em nossas aulas Gratuitas
🔴[AO VIVO] e ainda conte com alguns bônus e extras.

🔷 Faça seu cadastro 🔷

(Papelaria Personalizada, Personalizados de Luxo, Cartonagem, Vendas e Extras), sua inscrição também garante que você possa acompanhar de perto a nossa próxima abertura de turma do curso
✂️Do Básico ao Luxo🎀

------------------

Materiais e Ferramentas

------------------

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *